News nº 39 | Janeiro/Fevereiro 2014
Investigação e Formação Avançada
Dia da Investigação - Entrevista ao Presidente do Conselho Científico, Prof. Doutor Rui Victorino


Prof. Doutor Rui Victorino
Presidente do Conselho Científico, 


1. Qual a importância do Dia da Investigação para os Estudantes de Medicina na FMUL? 

O Dia da Investigação para os estudantes da FMUL é sem dúvida uma importante iniciativa do GAPIC – Gabinete de Apoio à Investigação  Científica – em colaboração com a Associação de Estudantes da FML que muito contribui para dar visibilidade a todo o trabalho de investigação científica realizada por estudantes no âmbito do Gabinete.
O contacto ao longo do curso médico com a investigação é fundamental na formação do médico. A realização de projectos científicos que são alvo de discussão e crítica neste dia é sem dúvida uma excelente oportunidade para valorizar o papel da investigação médica. 


2. Esta 2.ª edição foi bem sucedida, com um grande número de alunos a participar. Em sua opinião, porquê este interesse dos alunos em participar neste evento? Como vêem, hoje em dia, a investigação? 

O interesse dos alunos pela investigação é motivo de grande satisfação para os docentes da FMUL. As motivações são certamente múltiplas. Admito que o facto de existir excelente investigação em curso no âmbito da Faculdade/IMM/Hospital de Santa Maria (CAML – Centro Académico de Medicina de Lisboa) quer na área clínica, quer na básica, contribui certamente para entusiasmar os estudantes a envolverem-se em projectos e a experimentarem o enorme gosto intelectual que representa a investigação. 

Por outro lado, mais prosaico, creio que há consciência que a investigação valoriza a qualidade da formação do médico e a sua competitividade em termos de curriculum vitae.
Finalmente, a ideia de que a investigação pode ter repercussão na qualidade da assistência médica é um ideal que está certamente presente na perspectiva de todo o médico.


3. O Dia da Investigação teve início com a apresentação do estudo-piloto “Análise Estrutural de Redes na Investigação Científica do CAML”, na sua opinião qual a importância deste estudo para a FMUL e para o CAML? 

Assisti com gosto à apresentação do estudo-piloto sobre a análise estrutural das redes de investigação do CAML. Penso ser importante conhecer e dominar estas metodologias para análise da forma como se estabelece a interacção entre investigadores. 

As redes de colaboração são hoje fundamentais para o sucesso da investigação e para a sua competitividade internacional. Trata-se de um estudo pioneiro num Laboratório Associado e numa Faculdade de Medicina, e que espero possa ser um ponto de partida muito interessante para a investigação futura neste domínio. 


4. No Dia da Investigação, os alunos têm a oportunidade de apresentar os seus trabalhos de investigação desenvolvidos no âmbito do Programa “Educação pela Ciência”, da responsabilidade do GAPIC, este ano também com as Bolsas Gulbenkian/FMUL. Qual a importância e o impacto destas iniciativas de promoção da ciência junto dos futuros médicos? 

O programa “Educação pela Ciência” tem um historial de sucesso ao longo de anos e julgo que tem um impacto muito importante nos estudantes que nele participam. O apoio da Fundação Calouste Gulbenkian a bolsas de investigação neste âmbito constitui um importantíssimo estímulo no sentido de maior exigência e comprometimento em relação aos projectos, além de permitir a viabilização de alguns que doutro modo seriam dificilmente concretizáveis.
Estou convicto que o investimento e apoio da Fundação a estes programas têm um impacto muito importante na preparação e motivação de futuros médicos empenhados em realizar investigação de qualidade. 


5. No futuro, o que se espera do Dia da Investigação na FMUL? 

A expectativa quanto ao Dia da Investigação vai no sentido de preservar a iniciativa sempre com o objectivo de altos níveis de exigência e qualidade continuando a contar com o entusiasmo e empenho dos estudantes, bem como com o excelente apoio e orientação da equipa do GAPIC coordenada pelo Professor João Ferreira.
Pesquisa

Pesquise sobre todas as newsletters já publicadas pela FMUL

  PESQUISAR 

Subscrição

Subscreva a nossa Newsletter e receba todas as informações actualizadas sobre actividades, notícias, eventos e outras acções relevantes da FMUL

  

  ENVIAR 

Propriedade e Edição: Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
Periodicidade: Mensal
Diretor: Prof. Doutor Fausto J. Pinto
Conselho Editorial: Prof. Doutor Fausto J. Pinto, Prof. Doutor Mamede de Carvalho, Profª. Doutora Ana Sebastião, Prof. Doutor António Vaz Carneiro, Prof. Doutor Miguel Castanho, Dr. Luis Pereira
Gestor de Informação: Ana Raquel Moreira
Equipa Editorial: Ana Cristina Mota, Ana Raquel Moreira, André Silva, Maria de Lurdes Barata, Rui Gomes, Sónia Barroso
Colaboração: Unidade de Relações Públicas e Comunicação - Bruno Moura
Conceção e Suporte Técnico: UTI 
Design e Implementação: Spirituc
e-mail: news@medicina.ulisboa.pt
Morada e Sede da Redação: Avenida Prof. Egas Moniz, 1649-028 Lisboa


Estatuto Editorial


Anotado na ERC