News nº 59 | junho 2016
Investigação e Formação Avançada
Candidaturas ao Doutoramento em Neurociências 2016-2017

 
Início das Aulas – 15 SET'16

 
INTRODUÇÃO
O Programa de Doutoramento em Neurociências é constituído por duas partes. A primeira, o ano curricular, é entendida como um período propedêutico e probatório onde o aluno adquire conhecimentos sobre assuntos fundamentais em Neurociências e soft skills necessários ao trabalho de investigação, método científico, estatistica, neuroética, entre outros, e contacta com uma ampla gama de docentes e temas de investigação para uma escolha informada e amadurecida do projeto experimental a desenvolver nos anos subsequentes. 

O plano de estudos do ano curricular compreende unidades curriculares que abrangem diversas áreas de formação, cujo conteúdo cobre 2 semestres, 60 ECTS, de acordo com Tabela. 

A segunda parte do ciclo de estudos corresponde à execução de um trabalho experimental original, sob orientação, que é conducente à elaboração de uma tese de Doutoramento que terá de conter investigação original, contribuindo para um avanço nos conhecimentos publicável em revistas da especialidade de divulgação internacional e de reconhecido mérito científico. Considera-se desejável que o aluno de Doutoramento realize algumas tarefas específicas do seu projeto em colaboração com outros grupos de investigação, prefencialmente fora do país a fim de potenciar a internacionalização do trabalho, bem como a autonomia progressiva do aluno.
 
OBJETIVOS
O Programa de Doutoramento em Neurociências visa dar um nível aprofundado de compreensão sistemática em Neurociências, aptidões e métodos de investigação, capacidade de conceber, projetar e realizar investigação relevante, com nível académico de qualidade, solidez para a análise critica de novos conceitos, meios para comunicar com seus pares, assim como instrumentos para promover o progresso tecnológico. Este objetivo está englobado no processo mais vasto da constituição de uma espaço Europeu de ensino superior, competitivo, de elevada qualidade, e que favoreça a mobilidade e empregabilidade dos seus diplomados. 
 
OBJETIVOS ESPECÍFICOS 
O programa de Doutoramento em Neurociências tem como meta a promoção de investigação científica sobre o sistema nervoso, através de uma formação dinâmica e integrada e que incentive a inter-relação entre as diversas áreas do conhecimento no domínio das Neurociências.
 
AQUISIÇÃO DE COMPETÊNCIAS
O Doutoramento em Neurociências permite a aquisição de competências e prática de investigação em Neurociências nas suas diversas vertentes: análise bibliográfica e contextualização de objetivos, conceção e planeamento e execução de projeto de investigação, publicação e divulgação de resultados. Obtenção de maior competividade no mercado de trabalho académico ou empresarial.
 
OPORTUNIDADES DE CARREIRA
• Carreira de Investigação na área das Neurociências Experimentais ou das Neurociências Clínicas
• Carreira Académica
• Carreira Empresarial sempre que o conhecimento aprofundado sobre a atividade de investigação em Neurociências se constituir como uma mais valia.

DESTINATÁRIOS E VAGAS
Candidatos a uma carreira de investigação experimental na área das Neurociências internos de especialidade de Neurologia, Neurocirurgia ou Psiquiatria, neurologistas, neurocirurgiões, psiquiatras, psicólogos, biólogos, bioquímicos, farmacêuticos, terapeutas da fala, fisioterapeutas, engenheiros biomédicos. 

Candidatos a uma carreira académica. 

N.º de Vagas – 5 
 
PLANO ESTUDOS
 
 

+INFO
www.medicina.ulisboa.pt/doutoramentoneurociencias  

COMISSÃO CIENTÍFICA
Profª. Doutora Ana Sebastião
Profª. Doutora Isabel Pavão Martins
Prof. Doutor Mamede de Carvalho


CONTACTOS
www.medicina.ulisboa.pt/ifa  

Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
Instituto de Formação Avançada
Av. Prof. Egas Moniz 1649-028 Lisboa
@: instfa@medicina.ulisboa.pt  
T: 217 985 100
Pesquisa

Pesquise sobre todas as newsletters já publicadas pela FMUL

  PESQUISAR 

Subscrição

Subscreva a nossa Newsletter e receba todas as informações actualizadas sobre actividades, notícias, eventos e outras acções relevantes da FMUL

  

  ENVIAR 

Propriedade e Edição: Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
Periodicidade: Mensal
Diretor: Prof. Doutor Fausto J. Pinto
Conselho Editorial: Prof. Doutor Fausto J. Pinto, Prof. Doutor Mamede de Carvalho, Profª. Doutora Ana Sebastião, Prof. Doutor António Vaz Carneiro, Prof. Doutor Miguel Castanho, Dr. Luis Pereira
Gestor de Informação: Ana Raquel Moreira
Equipa Editorial: Ana Cristina Mota, Ana Raquel Moreira, André Silva, Maria de Lurdes Barata, Rui Gomes, Sónia Barroso
Colaboração: Unidade de Relações Públicas e Comunicação - Bruno Moura
Conceção e Suporte Técnico: UTI 
Design e Implementação: Spirituc
e-mail: news@medicina.ulisboa.pt
Morada e Sede da Redação: Avenida Prof. Egas Moniz, 1649-028 Lisboa


Estatuto Editorial


Anotado na ERC