News nº 18 | Dezembro 2010
Mais e Melhor
Entrevista com o Professor José Pedro Sousa Dias
Entrevista com o Professor José Pedro Sousa Dias


Equipa Editorial
news@fm.ul.pt  

Porque é essencial conhecermos o que na Universidade de Lisboa (UL) se tem feito para as comemorações, em 2011, do Centenário da Refundação da Instituição, entrevistámos o Professor José Pedro Sousa Dias, Pró-Reitor da Universidade de Lisboa. 

Nota biográfica: José Pedro Sousa Dias é Pró-Reitor da Universidade de Lisboa e coordena as comemorações dos 100 Anos da Universidade. Professor Associado na Faculdade de Farmácia, é responsável por várias disciplinas da área da história e dos estudos sociais aplicados à farmácia. É doutorado em Farmácia pela UL, com uma tese sobre a história da farmácia setecentista, e tem centrado o seu percurso como investigador na História das Ciências da Saúde. É membro do CEHFCi - Centro de Estudos de História e Filosofia da Ciência, tendo como actuais interesses de investigação a história contemporânea das ciências biomédicas em Portugal, os aspectos científicos e sociais da história do medicamento nos séculos XVII e XVIII e a história da medicina e da farmácia na expansão e colonização portuguesa. 

http://www.ff.ul.pt/paginas/jpsdias/  



Newsletter: Professor José Pedro Sousa Dias, pode dizer aos leitores da Newsletter da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa quais os principais projectos e objectivos da ULis2011? Estamos a falar de vários grupos de trabalho ligados a projectos de investigação distintos, embora relacionados, todos eles, com o centenário da refundação da UL, não é assim? 

Professor José Pedro Sousa Dias:
As Comemorações dos 100 Anos da Universidade de Lisboa, a que demos o nome de ULis2011 foram pensadas como um momento de reflexão sobre a Universidade, sobre o seu passado, mas com os olhos postos no seu futuro, no que a Universidade pretende ser e fazer nas próximas décadas. Pretendemos que este conjunto de actividades seja uma manifestação da sua coesão, diversidade, força e potencial educativo, científico e cultural. São quatro os temas base para as comemorações dos 100 Anos: 

- 100 Pessoas (História). A memória e a história da Universidade, medieval e contemporânea.
- 100 Locais (Património). O legado científico, artístico, histórico e arquitectónico da Universidade.
- 100 Lições (Ensino e Cultura). O contributo formativo e cultural da Universidade.
- 100+1 Ideias para o Futuro (Ciência e Inovação). O pensamento e o potencial científico, como ferramentas de intervenção social e económica da Universidade. 

As comemorações ULis2011 incluem um programa de publicações impressas, conteúdos multimédia, a criação de um repositório digital de textos, palestras, duas conferências internacionais, exposições (“100 anos da Universidade de Lisboa”, “A Universidade de Lisboa no Arquivo Fotográfico Municipal”), concertos, um jantar-convívio de antigos alunos, festas para estudantes e outros eventos públicos. 

A maior parte das actividades decorrerão ao longo do próximo ano, tendo como ponto alto a Sessão Comemorativa dos 100 Anos da Universidade de Lisboa, a 22 de Março de 2011. O programa pode ser acompanhado através do Portal Ulis2011: www.centenario.ul.pt   


Newsletter: Do programa de Comemorações para o ano de 2011, gostaria de destacar algum evento em especial? 

Professor José Pedro Sousa Dias: É difícil destacar apenas um evento, mas posso chamar a atenção para cinco: o plano editorial, o documentário, a enciclopédia electrónica, um ciclo de cem palestras e outro de visitas guiadas. 

O plano editorial centra-se na publicação de um conjunto de quatro livros principais, dois no âmbito da história da instituição, um sobre a Universidade medieval em Lisboa (1288-1537), coordenado por Hermenegildo Fernandes e outro sobre A Universidade de Lisboa (1834-2003) - da Revolução liberal à actualidade, coordenada por Sérgio Campos Matos e Jorge do Ó), o terceiro sobre o seu património (Património Científico, Artístico e Arquitectónico da Universidade de Lisboa, coordenada por Marta C. Lourenço e Maria João Neto) e um quarto livro dedicado à ciência e à inovação (100+1 Ideias para o futuro. A Universidade de Lisboa em cem projectos de investigação, coordenada por Maria José Gomes). 

Está também a ser produzido um documentário, realizado por Catarina Alves Costa, que acompanha a história da Universidade de Lisboa, dos primórdios até finais dos anos 1970. 

“Memória da Universidade” (www.memoria.ul.pt) é uma enciclopédia electrónica do ensino, ciência e cultura na história da Universidade de Lisboa, em permanente actualização, com informação de carácter factual e prosopográfico, na forma de anotações semânticas, e artigos e ensaios assinados. 

O ciclo “100 Lições” será composto por cem palestras, proferidas de Janeiro a Março de 2011 por antigos alunos da Universidade, versando tópicos livremente escolhidos. 

O ciclo de visitas guiadas é outro dos eventos destacados. Além dos locais onde ainda se desenvolvem as suas actividades, a Universidade deixou outras marcas pela cidade de Lisboa. A acção “100 Locais”, inclui o seu levantamento, identificação, descrição e geo-referenciação (Topografia da Universidade) e um programa de visitas guiadas (Percursos na Universidade), aos sábados e domingos, de Março a Abril de 2011. 

Newsletter: Como equaciona o papel da Universidade de Lisboa hoje, face às suas origens e à sua evolução histórica ao longo do último século? 

Professor José Pedro Sousa Dias:
A legislação republicana de 1911, além de criar as novas universidades, incluindo a de Lisboa, veio decretar a obrigatoriedade de os professores universitários produzirem conhecimento novo e não se limitarem a transmitir conhecimento produzido por terceiros. Esta norma veio dar características diferentes à Universidade de Lisboa, nomeadamente com um forte componente de investigação em áreas como Medicina, não sendo por acaso que a UL foi a única universidade portuguesa a ter produzido um Prémio Nobel. Esta tradição inovadora é algo que se torna necessário cultivar e divulgar nos dias de hoje, contrariando a ideia, que chegou a ser acarinhada mesmo entre dirigentes da UL nos anos sessenta do século passado, que a UL é uma Universidade Clássica.


José Pedro Sousa Dias
Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa e Centro de Estudos de História e Filosofia da Ciência
http://www.ff.ul.pt/paginas/jpsdias/  

Pesquisa

Pesquise sobre todas as newsletters já publicadas pela FMUL

  PESQUISAR 

Subscrição

Subscreva a nossa Newsletter e receba todas as informações actualizadas sobre actividades, notícias, eventos e outras acções relevantes da FMUL

  

  ENVIAR 

Propriedade e Edição: Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
Periodicidade: Mensal
Diretor: Prof. Doutor Fausto J. Pinto
Conselho Editorial: Prof. Doutor Fausto J. Pinto, Prof. Doutor Mamede de Carvalho, Profª. Doutora Ana Sebastião, Prof. Doutor António Vaz Carneiro, Prof. Doutor Miguel Castanho, Dr. Luis Pereira
Gestor de Informação: Ana Raquel Moreira
Equipa Editorial: Ana Cristina Mota, Ana Raquel Moreira, André Silva, Maria de Lurdes Barata, Rui Gomes, Sónia Barroso
Colaboração: Unidade de Relações Públicas e Comunicação - Bruno Moura
Conceção e Suporte Técnico: UTI 
Design e Implementação: Spirituc
e-mail: news@medicina.ulisboa.pt
Morada e Sede da Redação: Avenida Prof. Egas Moniz, 1649-028 Lisboa


Estatuto Editorial


Anotado na ERC