Prof. Doutor J. Alexandre Ribeiro
Sub-Director Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa


As dificuldades presentes têm já, e virão a ter a curto e médio prazo, grande impacto na vida das Instituições. A Faculdade de Medicina (alunos, docentes e pessoal não docente) não ficará alheia às consequências. Tal vai obrigar-nos a repensar medidas, projectos e um sem número de pequenas coisas, podendo em parte comprometer a estratégia de transformação e modernização da Escola.

Apesar das vicissitudes por que passámos em 2010 que agora termina, e das muitas que neste findar de ano poderemos antecipar, há indicadores que sugerem que que nem tudo é negativo no País, na Universidade de Lisboa ou na nossa Faculdade.

O País recebeu recentemente da OCDE nota positiva em relação à Educação.

A produção científica nacional, quando normalizada per capita, atingiu os níveis da Espanha, tendo mesmo superado a Itália.

A Universidade de Lisboa aumentou consideravelmente a sua produção científica no corrente ano.

E a FMUL, através do Centro Académico de Medicina de Lisboa (CAML), projecto comum entre a FMUL, o IMM e o Hospital de Santa Maria (Centro Hospitalar Lisboa Norte), contribuiu activamente para contextualizar condições institucionais susceptíveis de modernização nas áreas da educação médica e das ciências da saúde. A formação pré e pós-graduada, e a educação médica continuada, quer em ciências biomédicas quer em ciências da saúde, constituem oportunidades para ampliar a dimensão Académica da investigação científica nas várias áreas transversais à formação médica e ao exercício da medicina clínica. O ano de 2011 trará, pois, novos desafios à Escola, que deverão ser encarados por todos como oportunidade para cimentar a coesão e o sentido de responsabilidade.

Os alunos são a razão de ser de uma Escola, pelo que o seu sucesso na passagem pela Faculdade constitui uma responsabilidade de todos os que a integram, docentes e não docentes, todos encarando as suas funções com a finalidade de os dotar com as competências indispensáveis à sua actividade profissional. A descrição das actividades académica e assistencial da Clínica Universitária de Neurologia faz parte da presente Newsletter, documentando o notável trabalho que tem vindo a realizar.

Em nome da Direcção da FMUL, desejo expressar a todos os Docentes, Alunos e Pessoal não Docente da Escola, bem como a todos os Colaboradores do IMM, do HSM/CHLN, e das Instituições de Saúde afiliadas, os melhores Votos de Boas Festas e de Feliz Ano Novo.