Susana Henriques
susanahenriques@fm.ul.pt 

Decorreu na Aula Magna da Universidade de Lisboa a sessão solene de Abertura do Ano Académico de 2011/2012, este ano inserida na sessão de encerramento das comemorações do Centenário da UL, desenvolvidas ao longo do último ano “através de um programa que procurou, sempre, ligar a Universidade à cidade (UniverCidade) e pôr a debate ideias para o futuro de Portugal” (Prof. Doutor António Sampaio da Nóvoa, Reitor da Universidade de Lisboa). 

O programa da sessão contou com as alocuções do Administrador dos Serviços de Acção Social da UL, Dr. Luís Fernandes, e do Presidente da Associação Académica da Universidade de Lisboa, Tiago Gonçalves, em representação do pessoal não docente e dos alunos da UL, respectivamente. 

Foram ainda convidados a participar neste dia especial para a Universidade o Presidente da Comissão Europeia, Dr. José Manuel Durão Barroso, bem como o Dr. Jorge Sampaio, Alto-Comissário da ONU para a Aliança das Civilizações. 

Destaque para a presença de vários reitores de universidades do Norte de África e da Europa do Sul, que se deslocaram à UL no âmbito do encontro da EMUNI (Euro-Mediterranean University). Foi atribuído o grau de Doutor Honoris Causa a Rodi Kratsa-Tsagaropoulou, Vice-Presidente do Parlamento Europeu. Pela Universidade de Lisboa foi também atribuido o grau de Doutor Honoris Causa a Emílio Rui Vilar, Presidente da fundação Calouste Gulbenkian. 

Ao longo da sessão, os tempos difíceis que vivemos e os desafios que estes implicam foram referidos pelos vários intervenientes, nomeadamente pelo Reitor da UL, Prof. Doutor António Sampaio da Nóvoa que, no discurso de encerramento afirmou: “Estamos a viver tempos difíceis, estranhos, incertos. (...) Em anos assim, mais do que nunca, é preciso valorizar e proteger as pessoas, valorizar e proteger a democracia. As pessoas e a cidade, a pólis, são a marca do nosso Centenário. A Universidade transformada em ágora, em espaço público de debate, de participação, de presença na sociedade. Sempre com os olhos postos no país, no último ano a Universidade reflectiu sobre o que pode fazer por Portugal, as respostas foram indicadas nesta Cerimónia: a Europa, o Diálogo, o Futuro”. 

Mais informações aqui.