Com uma série de antecedentes incontornáveis, nomeadamente o 25 de Abril de 1974 e a consequente Constituição da República de 1976, a Lei n.º 56/79, de 15 de Setembro de 1979 instituiu uma rede de serviços de cuidados de saúde acessíveis a toda a população, financiada através de impostos.

De acordo com a página do SNS (https://www.sns.gov.pt), “A organização dos serviços de saúde sofreu, ao longo dos tempos, a influência de conceitos políticos, económicos, sociais e religiosos de cada época e foi-se concretizando para dar resposta aos problemas de saúde então identificados, mas também para “conservar” – isto é, promover – a saúde dos povos, na expressão utilizada por Pedro Hispano e Ribeiro Sanches.

“Nos séculos XIX e XX, até à criação do SNS, a assistência médica competia às famílias, a instituições privadas e aos serviços médico-sociais da Previdência.” 








Fonte: https://www.sns.gov.pt/sns/servico-nacional-de-saude/