Dr. David Xavier
david.xavier@campus.ul.pt  

Publicação dos Estatutos da UL
Nomeação do Director Executivo
Aprovação pelo Conselho Geral das linhas orientadoras
Aprovação do Estatutos
Aprovação da Orgânica do Centro 


Com a publicação da orgânica do Centro de Recursos Comuns e Serviços Partilhados, terminou mais uma etapa de estabelecimento do Centro. Hoje já temos clara a nossa missão, as áreas de actuação e já podemos estabelecer os objectivos que nos propomos atingir.

Missão:
O CRCSP tem como missão promover e concretizar o desenvolvimento de projectos que, com base numa partilha de recursos materiais, logísticos e humanos existentes ou a adquirir, cooperação e interacção institucionais, permitam levar a cabo, com uma maior racionalização de recursos, a realização de actividades académicas e científicas de grande qualidade, sendo daí esperada uma potenciação de benefícios para todos os agentes da Universidade de Lisboa (UL).

Áreas de Actuação:
O CRCSP exerce as suas funções no domínio da prestação de serviços de natureza institucional às unidades orgânicas e outras unidades da UL, ou a outras instituições congéneres, utilizando métodos comuns e partilhando recursos, numa lógica de gestão de processos, de eficiência e orientação para os resultados. Sendo assim os principais serviços prestados são:
 
1. Planificação e prestação de contas, realização e cobrança de receita e processamento contabilístico
2. Gestão das políticas de tecnologias de informação e comunicação
3. Normalização e optimização dos processos de aquisição de bens e serviços, da gestão e acompanhamento de contratos e da gestão de bens patrimoniais
4. Organização dos serviços de higiene, segurança e saúde no trabalho
5. Desenvolvimento e implementação de planos com vista à eficiência energética e ambiental
6. Apoio à estruturação e dinamização das actividades de investigação e desenvolvimento
7. Apoio em todas as matérias relativas a transferência de conhecimento, propriedade intelectual e empreendedorismo
8. Controlo e gestão dos procedimentos relativos aos concursos de pessoal não docente e à avaliação de desempenho do mesmo
9. Levantamento das necessidades de formação, elaboração e proposta de planos e programas adequados à valorização profissional dos trabalhadores das instituições 

Objectivos:
Os objectivos estratégicos do CRCSP são:
• Normalização de regras e procedimentos de gestão comuns
• Gestão racionalizada de recursos de modo a gerar poupanças de custos e ganhos de eficiência e qualidade
• Integração de serviços comuns, com vista a obter a melhoria da qualidade dos serviços da UL
• Partilha, cooperação e interacção institucionais de excelência
• Promoção da imagem da UL
• Incorporar as Unidades activamente no processo de transformação 


Neste sentido os serviços do Centro foram desenhados da seguinte maneira:
Orgânica CRCSPUL 
1- Serviços Financeiros a que caberá executar as funções repetitivas de todo o processo financeiro ficando para as unidades a capacidade de decisão e para o Centro a escrituração da actividade. 

2- Serviços Tecnológicos que ficarão com a politica de sistemas de informação e com a estrutura informática e tecnológica. 

3- Área de Compras que realizará concursos gerais à universidade aumentando a capacidade de negociação com os fornecedores e obtendo economias de escala. 

4- Área de Trabalho Ambiente e Energia que actuará no âmbito da Higiene e Segurança no Trabalho, da eficiência energética e ambiental. 

5- Gabinete de Apoio à Investigação que, em conjunto com o ICS, irá apresentar um projecto comum a toda à Universidade para gestão dos projectos científicos de modo transversal potenciando os conhecimentos dispersos pela Universidade.

Os desafios são grandes, mas os processos já começaram a ser identificados, estando neste momento completo mais de 90% do seu desenho. Agora passaremos à fase em que, em conjunto com as unidades, iremos identificar qual a melhor maneira dos implementar e que tipo de plataformas informáticas nos poderão ajudar a implementar os workflows de decisão.

Para além da identificação dos processos, Outro grande desafio a ultrapassar será o modo como, internamente e utilizando os recursos existentes na Universidade de Lisboa, iremos fazer a afectação de Recursos Humanos.

Pretendemos que os colaboradores Não Docentes da UL se voluntariem para o CRCSP. A metodologia que utilizaremos para a afectação de pessoas ao Centro, será a mobilidade interna e a oferta interna de lugares.

Para isso já foi criado no Site da Universidade o link Mobilidade Interna em Universidade > Bolsa de Emprego > Mobilidade Interna - em que o Centro, à semelhança de todas as Unidades da Universidade de Lisboa, irá colocar os perfis que procura. A partir daqui os colaboradores Não Docentes, de forma voluntária, apresentarão o seu interesse para os lugares disponíveis.

Sendo a Reitoria a primeira instituição a usufruir dos serviços do centro é, desde já, a grande fornecedora de Recursos Humanos para o mesmo. Com a prestação de serviços a outras unidades será natural que sejam estas as dispensar os funcionários que no fundo acompanham as funções.

O desafio é enorme, mas será possível fazer de dentro uma estrutura moderna e inovadora que esteja à altura da Universidade de Lisboa.

Sim, Nós podemos!